Está anoitecendo neste 24 de Dezembro. Apenas uma parada pelo Natal. E uma parada de vez em quando é muito bom. Reflete-se, repensam-se rumos, conceitos. A época é propícia. Em dias o tempo se estará regenerando no sentido do recomeço, do verdor, de novas perspectivas. É boa a corrente. Que o ano velho escorregue de mansinho para a eternidade, some-se, somando-se a ela, concorrendo para ela.

O saldo é positivo. Aprendemos mais um pouquinho.

Deixo o mais amigo, o mais afetivo abraço e um beijo no seu coração do mais fundo do meu coração, do melhor de mim. Ergo um brinde a todos nós com imenso carinho. Desejo-lhe uma linda noite de Natal. Foi um privilégio ter passado este ano de 2014, ou parte dele, em sua companhia.

cruz