poide/UM DESCRENTE PROFUNDAMENTE RELIGIOSO – Clique por favor no link em vermelho 

____________________________________________________________________________________

ARTIGO DE CAPA – (Continuação)

Quantas vezes lancei o olhar em todas as direções da nave, admirei-lhe a abóbada, as clores claras, as imagens, conservadas, brilhantes, o simbolismo do frade ajudando o crucificado a descer da cruz, a acústica, e pensei cá comigo: Por quê não se utiliza esse espaço magnífico, ambiente perfeito, para a arte, para a cultura?

Ontem, na Igreja da Porciúncula, Niterói, os sucessores de Francisco nos presentearam com um recital da Orquestra Sinfônica da Petrobrás, aglomerado de talentos conduzido por um regente sem esquisitices, mas que sabe muito do seu ofício.

Ave!

Como do artigo de capa anterior, não há porque estabelecimentos religiosos não serem, também, espaços de arte e cultura. Que a iniciativa frutifique. E não decorra muito tempo até outra tarde de domingo como a de ontem.

____________________

Anúncios