Tags

A Sombra de plantão acabou de hackear um pendrive que precisei usar. Entre os arquivos do dispositivo está aquele que contém cópias de partitura e recibos de registro de músicas minhas – Nane, uma Canção de Amor para Marie-Anne e Primeira, única e Última Vez -, juntamente com cópias de petições que enderecei a autoridades competentes a propósito dessa pouca-vergonha. Aconteceu há 21 minutos, tempo que levei para acessar o blog, demora tema do post de ontem. O nome arquivo é ONSScan.

É bom saber que se tem companhia permanentemente, mas ficarem ‘bulindo’ nas nossas coisas é muito feio. Por falar nisso, vocês podem me ajudar a encontrar o meu drive de CD/DVD externo? Sumiu, evaporou.

Anúncios